Posso enterrar restos de comida no jardim?

with 2 Comentários
Resto de comida no jardim

Já se perguntou alguma vez qual a forma correta de enterrar os restos de comida no jardim

…, ou seja, fazer a compostagem?

Aquele restinho de comida…

… que sobra depois de um lanche ou depois de uma refeição…

… já tem um local certo para os amantes das plantinhas!!!

E você? Porque não aproveitar os restos de comida também e…

… transformá-los em adubo para seu lindo jardim, hortinha ou pomar?

Cascas de frutas, verduras e legumes podem sim virar um excelente adubo para as plantas…

No entanto, o ideal é que elas sejam colocadas em uma composteira por cerca de quatro meses antes de irem para o jardim ou horta.

Isso porque no processo de decomposição dessa matéria orgânica ocorre a fermentação e acidificação do solo

E a maior parte das plantas não se desenvolve bem em solos ácidos.

Montar uma composteira em casa sem dúvida é muito fácil

Mas, como podemos enterrar os restos de comida no jardim da foram correta ou como podemos aproveitá-los?

Veja duas opções que vão ajudar você a fazer isso:


Montar uma composteira no quintal de casa

Se você tem um quintal

Basta abrir um buraco no chão, em local sombreado, onde os resíduos orgânicos serão depositados diariamente.

Em seguida, cubra cada camada de material orgânico com uma fina porção de terra ou de palha/serragem para não atrair animais.

Quando o buraco estiver cheio…

Tampe com terra e deixe decompor por 90 a 120 dias.

Após esse período o material poderá ser retirado e utilizado como adubo no quintal e em vasos.

Evite colocar gordura, restos de carne e alimentos com sal,

Para evitar atrair insetos e exalar mau cheiro.


Montar uma composteira no apartamento

Agora você que mora em apartamento

Pode transformar as cascas de legumes e frutas em uma farinha para ser utilizada como adubo.

Para isso, basta desidratar as cascas…

… tanto no sol quanto no forno

… e depois triturar no liquidificador ou processador.

Simples, não é mesmo?

Dica extra: Você pode armazenar essa farinha por até 3 meses.

E aí?

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

2 Respostas

  1. Ruthe Corrêa da Costa
    | Responder

    Excelente orientação.

Deixe uma resposta